Proteção de dados


Directiva relativa à protecção de dados

Esta directiva de protecção de dados aplica-se a todos os serviços oferecidos pela Pharmapro Sarl ("Pharmapro") nas páginas da Internet www.pharmapro.ch e www.farmavagas.com.br ("páginas da Internet"). O uso das Páginas da Internet é, em princípio, possível sem a necessidade de fornecer dados pessoais. Se uma pessoa interessada quiser beneficiar dos serviços da Pharmapro através das páginas da Internet, o tratamento de dados pessoais pode ser necessário. Ao utilizar os serviços da Pharmapro, o utilizador concorda com esta política de protecção de dados e com o processamento dos seus dados em conformidade com esta política.

Todas as designações masculinas nestes TCG se aplicam igualmente à forma feminina. Apenas um formulário é usado por uma questão de simplicidade.

1. Declaração de proteção de dados

A protecção de dados pessoais é uma preocupação central da Pharmapro. Por dados pessoais entendemos todas as informações que dizem respeito a pessoas físicas identificadas ou identificáveis. Com estas disposições de protecção de dados, a Pharmapro pretende informar os utilizadores das páginas web sobre como a Pharmapro processa os seus dados pessoais e como os utilizadores podem trocar estes dados com outros utilizadores. A Pharmapro garante que os dados pessoais que lhe são confiados serão processados com base na confiança. A Pharmapro assegura aos utilizadores que recolhe os dados com o maior cuidado, trata-os como estritamente confidenciais e utiliza-os correctamente. Ao fazer isso, a Pharmapro cumpre os requisitos legais aplicáveis e os seguintes princípios:

2. Recolha e armazenamento de dados

2.1 Informações gerais

Todos os dados confiados à Pharmapro são armazenados na base de dados da Pharmapro, tratados de forma estritamente confidencial e não são transmitidos a terceiros.

O âmbito dos dados pessoais necessários para a utilização de um serviço, bem como a arte e a forma como esses dados pessoais são processados, podem ser encontrados na descrição do respectivo serviço nos sites da Pharmapro. Os dados só são processados se necessário e apenas para os fins indicados.

2.2 Registo de candidatos a emprego

Os candidatos a emprego podem registar o seu perfil nas páginas web da Pharmapro.

Os seguintes dados são obrigatórios para o registo:

apelido / nome / endereço / número de telefone / endereço de e-mail / profissão / região

Para verificar a qualificação profissional dos candidatos a emprego, a Pharmapro consulta o Registo Federal de Profissões Médicas. Os candidatos a emprego que trabalham em uma profissão que está inscrita no Registro Federal de Profissões Médicas, mas que não estão inscritos no Registro Federal de Profissões Médicas, não serão inscritos. Para profissões que não estão listadas no Registro Federal de Profissões Médicas, a Pharmapro pode exigir que os candidatos a emprego apresentem um diploma antes do registro. Sem este registo, a utilização de determinados serviços da Pharmapro é, em determinadas circunstâncias, impossível.

Após a inscrição, os seguintes dados estão disponíveis para todos nas páginas da Internet: ocupação / data de entrada / taxa de ocupação / região.

O candidato a emprego pode divulgar mais dados. Apenas a Pharmapro e os empregadores registados os poderão visualizar. O candidato a emprego pode decidir se os empregadores registrados podem ver o nome dele ou dela. Se o candidato a emprego não quiser divulgar o seu nome, os seguintes dados não serão publicados: nome / endereço / número de telefone / endereço de e-mail.

Todos os outros dados introduzidos pelos candidatos a emprego podem ser visualizados por todos os empregadores registados e pela Pharmapro.

As informações de pagamento individuais (nome de usuário e senha) permitem que o candidato a emprego tenha acesso seguro ao seu perfil.

A qualquer momento e a pedido, a Pharmapro indica a cada pessoa em questão quais os dados pessoais relativos à pessoa em questão que são armazenados. Além disso, a Pharmapro corrige e elimina dados pessoais a pedido ou informação do titular dos dados, desde que isso não entre em conflito com a obrigação legal de armazenar tais dados.

2.3 Registo do empregador

Os empregadores devem inserir as seguintes informações obrigatórias ao colocar um anúncio: nome do empregador / nome e sobrenome da pessoa de contato / endereço / número de telefone / endereço de e-mail / descrição do cargo / ocupação / data de entrada / taxa de ocupação / tipo de anúncio.

Os dados contidos no anúncio são publicados e acessíveis a terceiros.

Todos os dados gerados pelos empregadores durante o curso da relação comercial são armazenados por um período de tempo indefinido na base de dados Pharmapro, a fim de simplificar a reactivação da relação comercial numa data posterior. Se os dados do cliente não forem utilizados durante um período de tempo prolongado, a Pharmapro reserva-se o direito de os apagar. A pedido do empregador, a Pharmapro apagará os dados armazenados, desde que tal não contrarie as obrigações legais de conservação dos dados.

Os empregadores também têm a opção de se registrarem com um nome de usuário e senha. Isto permite-lhes aceder a candidaturas de candidatos a emprego registados.

3. Armazenamento dos dados de acesso

3.1 Biscoitos

A Pharmapro pode utilizar cookies para simplificar a utilização de ofertas online e para obter informações para melhorar as suas ofertas.

Cookies são pequenos arquivos de texto que o navegador salva em uma determinada pasta no sistema do usuário. São utilizados cookies temporários. Estes cookies temporários armazenam, por exemplo, informações de login durante uma visita ao site. Os cookies permitem à Pharmapro recolher dados sobre a utilização das ofertas (por exemplo, em anúncios de emprego clicados durante uma sessão). Para os utilizadores registados, isto significa que a Pharmapro pode gerar resultados de pesquisa de melhor qualidade e relevância desde que o utilizador aceite cookies. Os usuários podem, a qualquer momento, configurando seu navegador, recusar cookies ou exibir um aviso antes de aceitar um cookie e assim decidir se aceitam ou não o cookie.

3.2 Ficheiro de registo

Ao acessar as páginas da Pharmapro na Internet, os dados de acesso geral são armazenados em um arquivo de registro para fins estatísticos. Isto aplica-se em particular a

- endereço IP

- data e hora de acesso

- o nome do arquivo chamado

- Estado de acesso (OK, conteúdo parcial, documento não encontrado, etc.)

- a página a partir da qual o acesso foi feito

- Domínio Top Level (.ch, .de, etc.)

- o navegador de internet utilizado

- o sistema operativo utilizado

A Pharmapro processa estes dados de forma anónima, por exemplo, para determinar em que dias se verifica o maior número de acessos. Não é feita qualquer avaliação pessoal dos ficheiros de registo.

3.3 Google Analytics

As páginas web da Pharmapro utilizam o Google Analytics, um serviço de análise web da Google Inc. ("Google"). O Google Analytics usa "cookies", que são arquivos de texto colocados no computador do usuário, para ajudar o site a analisar como os usuários usam o site. A informação gerada pelo cookie sobre o uso do respectivo website é geralmente transmitida para um servidor Google nos Estados Unidos da América e aí armazenada. O Google utilizará estas informações em nome do operador do site para avaliar o uso do site, para compilar relatórios sobre as atividades do site e para fornecer serviços associados ao uso do site ou da Internet. O Google não associará o endereço IP transmitido pelo navegador do usuário como parte do Google Analytics com quaisquer outros dados detidos pelo Google. Os utilizadores podem impedir o armazenamento de cookies configurando o software do seu browser; no entanto, a Pharmapro assinala aos utilizadores que isto pode resultar na perda de certas funções do website. Os usuários também podem evitar que os dados gerados pelo cookie sobre o uso do site (incluindo seu endereço IP) sejam coletados pelo Google - bem como o processamento desses dados pelo Google - baixando e instalando o plugin disponível no seguinte link: http://tools.google.com/dlpage/gaoptout?hl=de.

3.4 Google AdSense

As páginas web da Pharmapro utilizam o Google AdSense, um serviço de integração de anúncios do Google. O Google AdSense utiliza "cookies", arquivos de texto que são armazenados no computador do usuário e são usados para analisar o uso do site pelo usuário. O Google AdSence também usa "web beacons" (gráficos invisíveis). Estes permitem avaliar informações como o tráfego de utilizadores nestas páginas.

As informações geradas pelos cookies e web beacons sobre o uso dessas páginas da Internet (incluindo o endereço IP do usuário) e a entrega de formatos de publicidade são transmitidas para um servidor Google nos Estados Unidos da América e armazenadas lá. O Google pode encaminhar essas informações para terceiros contratados pelo Google. A Google não associará o endereço IP transmitido pelo navegador do usuário como parte do serviço Google AdSense com quaisquer outros dados detidos pela Google.

Os utilizadores podem impedir a instalação de cookies configurando o software do seu browser; no entanto, a Pharmapro assinala aos utilizadores que isto pode impedi-los de utilizar determinadas funções do website. Ao utilizar estas páginas Web, os utilizadores consentem expressamente o processamento dos dados pessoais recolhidos pela Google da forma e para os fins acima descritos.

4. Fornecimento de dados a terceiros

Em princípio, a Pharmapro não disponibiliza a terceiros os dados dos candidatos a emprego e dos empregadores.

No entanto, para cumprir as suas tarefas, a Pharmapro deve recorrer a empresas terceiras de confiança (por exemplo, para a criação de páginas web). Estas empresas terceiras só podem utilizar os dados dos candidatos a emprego e dos empregadores se tal for necessário para o cumprimento das suas tarefas. As empresas terceirizadas só podem processar dados da mesma forma que a Pharmapro, de acordo com os regulamentos legais e estas disposições de protecção de dados.

Sob nenhuma circunstância a Pharmapro vende os dados a anunciantes ou terceiros.

5. Segurança de dados

A Pharmapro utiliza medidas de segurança técnicas e organizacionais para proteger os dados geridos contra manipulação, perda, destruição ou acesso por pessoas não autorizadas, de acordo com o estado actual da técnica. As medidas de segurança são continuamente melhoradas de acordo com a evolução tecnológica. Apesar de a Pharmaproprocura se esforçar por criar páginas de Internet seguras, fiáveis e de confiança, indica aos utilizadores que a Internet não é um ambiente completamente seguro e que não pode garantir a confidencialidade dos dados e materiais pessoais que os utilizadores transmitem através de páginas de Internet ou e-mail. A Pharmapro não garante a perda de dados ou a sua divulgação e utilização por terceiros. A Pharmapro também não é responsável pela divulgação de dados por terceiros se os utilizadores transmitirem dados pessoais de login que lhes tenham sido confiados.

6. Ofertas de terceiros

Nestas páginas web, a Pharmapro também utiliza links para ofertas ou sites de terceiros. A Pharmapro não assume qualquer responsabilidade pela recolha e processamento de dados pessoais por terceiros. Aplicam-se as disposições de protecção de dados do terceiro fornecedor.

7. Alteração e eliminação de dados / revogação do consentimento para o processamento de dados

Cada utilizador pode a qualquer momento perguntar à Pharmapro se está a processar dados pessoais que lhe digam respeito. Cada utilizador pode a qualquer momento modificar, corrigir, apagar ou apagar os seus dados. Além disso, os utilizadores podem retirar o seu consentimento para o processamento de dados. Neste caso, o usuário deve escrever ou enviar um e-mail para [email protected] Em caso de revogação do consentimento, a Pharmapro reserva-se o direito de eliminar o perfil online do utilizador sem mais informações. Se um candidato a emprego apagar o seu perfil online, os seus dados serão apagados na totalidade.

8. Direito de informação / perguntas

Todo usuário tem o direito de exigir ser informado se e quais dados pessoais são armazenados sobre ele/ela na Pharmapro. Os pedidos devem ser enviados por e-mail para [email protected] Outras questões relativas aos regulamentos de protecção de dados devem ser endereçadas a [email protected]

9. Contato pela Pharmapro

É possível subscrever a nossa newsletter gratuita no nosso website. Ao subscrever a newsletter, os dados inseridos na máscara são transferidos para nós. Nenhum dado é transmitido a terceiros no contexto do processamento de dados para o boletim informativo. Os dados serão utilizados exclusivamente para o envio da newsletter.

A Pharmapro reserva-se o direito de contactar directamente os utilizadores, se necessário. O contacto por razões comerciais (por exemplo, newsletter) da Pharmapro só é feito com o consentimento expresso do cliente.

10. Alterações aos Termos de Uso

As alterações ou aditamentos subsequentes a estas directrizes de protecção de dados entram imediatamente em vigor. Os utilizadores das páginas da Internet comprometem-se a consultar regularmente as directrizes de protecção de dados.

11. LGPD 
No tocante aos dados, o contratado possui processos internos de governança para a proteção dos dados eventualmente armazenados em razão da execução e utilização em seus negócios relacionados aos serviços contratados, devendo o contratante observar a LGPD e as premissas de governança com seus colaboradores e prestadores de serviços regularmente aceitas no tratamento dos dados obtidos.

PARÁGRAFO PRIMEIRO. As Partes declaram-se cientes dos direitos, obrigações e penalidades aplicáveis constantes da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais-LGPD (Lei 13.709/2018), e obrigam-se  a  adotar  todas  as  medidas  razoáveis  para  garantir, por si, bem como seu pessoal, colaboradores, empregados e subcontratados que utilizem os Dados Protegidos na extensão autorizada na referida LGPD.

PARÁGRAFO SEGUNDO. O contratante autoriza o contratado a repassar informações aos órgãos fiscalizadores.

PARÁGRAFO TERCEIRO. O contratado manterá todas as informações do contratante salvas em servidor físico e/ou servidores remotos, guardando o mais completo e absoluto sigilo sobre as informações e dados dele a que tiver acesso em razão da presente prestação de serviços, utilizando-as apenas quando estritamente necessário para a prestação dos serviços acordados em contrato, em conformidade com a Lei Geral da Proteção dos Dados - LGPD (Lei 13.709 – 14/08/2018), ou nos casos que seguem:

a) Mediante o fornecimento de consentimento pelo titular;

b) Para o cumprimento de obrigação legal ou regulatória;

c) Para atender ordem judicial;

d) Pela administração pública, para o tratamento e uso compartilhado de dados necessários à execução de políticas públicas previstas em leis e regulamentos ou respaldadas em contratos, convênios ou instrumentos congêneres;

e) Para a realização de estudos por órgão de pesquisa, garantida, sempre que possível, a anonimização dos dados pessoais;

f) Para a proteção da vida ou da incolumidade física do titular ou de terceiros;

g) Para a tutela da saúde, exclusivamente, em procedimento realizado por profissionais de saúde, serviços de saúde ou autoridade sanitária;  

h) Para a proteção do crédito, quando disposto na legislação pertinente (inclusive o disposto na Lei 9.613/1998 e Resolução 1.530/2017 do CFC);

i) Transferência a terceiro, respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos na LGPD.

PARÁGRAFO QUARTO. O contratante tem direito ao acesso às informações sobre o tratamento de seus dados, que serão disponibilizadas de forma clara, adequada e ostensiva, mediante solicitação.

PARÁGRAFO QUINTO. O contratado não será responsável perante o contratante quando proceder com o desenvolvimento em cumprimento às premissas da LGPD e, após a entrega, seja constatado que uma prática de mercado amplamente adotada teria violado a LGPD, a partir de entendimentos judiciais ou administrativos até o presente momento inexistentes.

PARÁGRAFO SEXTO. Caso  o presente contrato seja extinto, declara o contratado, que os dados não serão utilizados para nenhum outro fim e serão descartados de imediato após o fim do contrato.

Responsável por supervisar o uso de dados pessoais: Xavier Gruffat (São Paulo, Brasil). 

Última actualização: 18.10.2020 - Pharmapro Sàrl - Lenzburg - Suíça

A sua vaga PUSH (Destaque) aqui

As últimas notícias

Subscreva a nossa Newsletter