O farmacêutico toxicologista ambiental

Empresas são impulsionadas a adotarem postura ética com a preservação da natureza e contratam cada vez mais profissionais especializados em toxicologia ambiental

A toxicologia ambiental abrange uma vasta área de atuação e tem como estudo o efeito tóxico contaminante no meio ambiente. Efeitos nocivos causados em determinada espécie biológica, por substâncias químicas, que podem surgir tanto de efeitos naturais como vulcões, incêndios florestais e maré vermelha. Como também, por consequência urbana, industrial e agropecuária.

O profissional toxicologista precisa ser multidisciplinar, ter vasto conhecimento com diversas áreas da ciência, para conseguir atingir seus objetivos que é de prevenir, diagnosticar e tratar irregularidades em determinado local ou espécie. A principal finalidade é estabelecer o uso seguro de diferentes substâncias químicas, que interagem com organismos humanos.

Existem toxicologista com diferentes formações profissionais, entre eles, o farmacêutico, evidenciando que seu campo de atuação vai além de drogarias e laboratórios. Trata-se de um mercado em constante evolução, empresas buscam profissionais a fim de conter as catástrofes ambientais por elas causadas. Atualmente, os empresários são pressionados pela sociedade e consequentemente por autoridades públicas, sobre o cuidado ético e seu papel como empresa cidadã, na contribuição pela sustentabilidade.

Portanto, todas as empresas são impulsionadas a adotarem novas posturas, visando à qualidade da relação empresa-sociedade. A exigência legal da presença do profissional toxicologista em diversas organizações, reflete  positivamente no meio onde vivemos. Há pesquisa de poluição atmosférica e de tratamento de dejetos industriais, pesquisas sobre tratamento e controle de águas para consumo humano e para uso industrial, entre outras ações que beneficiam tanto a saúde humana, quanto a natureza.

Em razão de toda a movimentação feita torno da questão ambiental, a tendência é crescer ainda mais oportunidades para profissionais da área de farmácia. O piso salarial varia de acordo com a região e a área de atuação. Pesquisa realizada no Portal do Farmacêutico aponta, para o setor de análises clínicas (toxicologia), a remuneração média é de R$ 1650,00 (2011) para 8 horas diárias. Sem dúvida, o farmacêutico hoje é uma das profissões com melhores perspectivas em termos de mercado de trabalho.

Escrito por Renata Carvalho / Dezembro 2011